Direto da fonte

06/07/2017 14:22

Espionagem no TJ

O escandalo dos grampos ilegais se aprofunda com novas revelações e denúncias como a feita pelo coronel Airton Benedito Siqueira Júnior que revelou que o gabinete do desembargador Orlando Perri foi grampeado. Para piorar: a ordem de espionar o desembargador teria partido do promotor Mauro Zaque, que à época atuava no Gaeco. A denúncia é grave e mostra que a arapongagem ilegal em Mato Grosso era disseminada, partia de várias fontes e não sofria qualquer controle.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo