Vettel e Raikkonen, ambos pilotos da Ferrari, se envolveram no mesmo acidente na primeira curva e tiveram que abandonar a corrida juntos. É a primeira vez na história da Fórmula 1 que isso acontece

Acidente envolvendo Vettel, Raikkonen e Verstappen deixou o caminho livre para Hamilton vencer em Singapura
Twitter/Reprodução/LAT Images
Acidente envolvendo Vettel, Raikkonen e Verstappen deixou o caminho livre para Hamilton vencer em Singapura

Contando com mum pouco de sorte, já que largou na quinta colocação, o britânico Lewis Hamilton venceu o GP de Singapura de Fórmula 1 e disparou na liderança do campeonato de pilotos, somando agora 263 com o primeiro lugar deste domingo, enquanto Sebastian Vettel, que não pontuou, ficou com 235, em segundo.

Leia também: Acusado de sequestrar sogra do chefão da F1 diz que tudo foi "grande farsa"

PUBLICIDADE
Acidente que tirou as duas Ferraris foi inédito na Fórmula 1
Twitter/Reprodução
Acidente que tirou as duas Ferraris foi inédito na Fórmula 1

E Vettel não pontuou porque se envolveu em acidente logo na primeira curva e teve que abandonar a prova. Largando na pole - e debaixo de chuva -, o piloto alemão da Ferrari foi tocado por Max Verstappen, que por sua vez havia sido deslocado por Kimi Raikkonen, também da Ferrari. Com isso, o caminho ficou livre para Hamilton liderar até o fim.

Confira o vídeo do acidente na primeira volta:

Leia também: Acompanhar F1 em Singapura pode ser inesquecível ao torcedor; veja motivo

Foi a primeira vez em toda história que duas Ferraris se envolvem no mesmo acidente e abandonam uma corrida juntas. "Não entendi o que aconteceu. Olhei quem vinha pela esquerda, tentei fechar e me acertaram. Estou muito triste, não tive culpa alguma. Tive que sair e tenho que pensar no que fazer para continuar na briga pelo título. Eu saí bem, mas fui para a esquerda para segurar Max um pouco e logo me tocaram", disse Vettel.

O segundo colocado foi Daniel Ricciardo, da Red Bull, com Valtteri Bottas, da Mercedes, completando o pódio. Felipe Massa fez uma corrida ruim e ficou apenas em 11º.

A corrida

Depois da largada caótica, Fernando Alonso foi o próximo a abandonar, já que também danificou seu carro no acidente com as Ferraris. Em seguida, Kvyat errou o ponto de frenagem e atingiu o muro de proteção na curva 8. E mais uma vez o safety-car entrou na pista, fazendo os carros entrarem nos boxes para trocarem os pneus de chuva pelos intermediários. 

Leia também: Pilota de 19 anos quer provar que mulheres podem, sim, competir na F1

Classificação final do GP de Singapura
Reprodução
Classificação final do GP de Singapura

Nas voltas finais do GP de Singapura, Ricciardo melhorou seu ritmo e ficou a apenas três segundos de diferença da Mercedes de Lewis Hamilton, enquanto Bottas se aproximou do australiano para tentar tomar a segunda colocação e realizar a dobradinha do time alemão. No final das contas, as posições não foram alteradas até a bandeira quadriculada.

 

 
 
Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.