Esportes

CONDENADO 24/11/2017 07:34

Robinho é condenado a 9 anos de prisão

O atacante Robinho, do Atlético-MG, foi condenado a nove anos de prisão por “violência sexual em grupo” contra uma jovem albanesa, conforme anunciou a 9ª Seção do Tribunal de Milão.

Da Redação

O caso aconteceu em 22 de janeiro de 2013, quando o jogador atuava pelo Milan. A vítima, na é poca, tinha apenas 22 anos. Segundo informações da agência de notícias “Ansa”, da Itália, e do canal italiano “Sport Mediaset”, o ato teve a participação do atleta e de mais cinco pessoas.

O jogador teria conhecido a jovem em janeiro de 2013, durante um jantar em Milão, quando estava com amigos e sua mulher. O estupro teria acontecido nessa noite. A denúncia foi feita "alguns meses mais tarde”. Em 2014, Robinho chegou a se pronunciar oficialmente sobre a acusação, chamando de “triste e mentirosa” e ameaçou processar a imprensa por publicar “informações mentirosas”. A sentença ainda cabe recurso já que saiu em primeira instância.

O Ministério Público chegou a pedir a prisão do jogador à época, mas a juíza Alessandra Simion rejeitou o pedido de custódia por achar que não havia razão para a precaução, nem risco de reincidência, fuga ou supressão de provas.

Fonte: Folhamax


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo