Esportes

S.P.F.C 04/12/2017 08:39

Torcida do São Paulo bate recorde e coloca mais de 1 milhão nos estádios

Da Redação

A temporada do São Paulo teve muito mais baixos do que altos. O time trocou de técnico no meio da temporada, bateu seu recorde de rodadas na zona do rebaixamento do Brasileirão (13) e reunia todos os fatores que geralmente resultam em uma crise envolvendo o clube e seus próprios torcedores. O que se viu, no entanto, foi justamente o contrário. A torcida abraçou o time e foi fator determinante para livrar o Tricolor da queda. No último jogo do ano, os são-paulinos ainda bateram o recorde de torcedores em um só temporada ao registrarem 1.009.059 pessoas no estádio como mandante. Fizeram história. 

Com os pouco mais de 60 mil pessoas que preencheram as arquibancadas do Morumbi no duelo contra o Bahia, o São Paulo superou os 1.001.982 torcedores registrados na temporada de 2006 - ano em que foi finalista da Copa Libertadores e campeão Brasileiro. De quebra, a torcida são-paulina também registrou sua maior média de público em uma temporada. Ao todo, o Tricolor mandou 29 partidas ao longo de 2017 e obteve uma média de 34.795 pagantes por jogo.

Além disso, o clube ainda registrou os cinco maiores públicos da Série A do Brasileirão nesta temporada: contra o Corinthians, em setembro, 61.142 pessoas. Na última rodada, diante do Bahia, 60.485 pagantes. Em agosto, contra o Cruzeiro, em uma manhã de domingo, 56.052 pessoas pagaram o ingresso para ver o Tricolor bater a Raposa, por 3 a 2. Na reestreia de Hernanes no Morumbi, em agosto, contra o Coritiba, 53.635 torcedores no Morumbi. Por fim, contra o Grêmio - campeão da Copa Libertadores - 51.511 são-paulinos na casa tricolor. 

A marca demonstra o quão participativa foi a torcida ao longo da temporada, haja visto que o Tricolor não brigou por nem um título sequer neste ano e terminou o campeonato tendo que se contentar com uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem. 

- Excepcional. A gente fica muito feliz. Apoiaram, estiveram juntos conosco, no momento mais difícil do clube, e só temos a agradecer. Mas sabemos bem que, dentro de campo, demos nossa vida. Deixamos qualquer tipo de vaidade, qualquer tipo de "ah, não vou correr nessa bola, não vou dar esse pique". Fica esse legado para o ano que vem. Que a gente possa, juntos, colocar o São Paulo no seu devido lugar, declarou o zagueiro Rodrigo Caio reconhecendo a importância da torcida para o crescimento do Tricolor ao fim da temporada. 

Fonte: Folhamax


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo