Meio Ambiente

PESCADO ILEGAL 12/10/2017 08:57

Polícia apreende quase 850 kg de pescado irregular em peixaria de Rondonópolis (MT)

Dono de peixaria foi levado para delegacia e liberado após pagar fiança. À polícia, ele não conseguiu comprovar a origem do pescado.

Da Redação

A Polícia Militar Ambiental apreendeu 846 kg de pescado irregular que estavam armazenados dentro de uma peixaria em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, na terça-feira (10). Segundo a polícia, entre os exemplares apreendidos haviam pirararas e pintados.
O dono do estabelecimento foi conduzido para a delegacia da Polícia Civil, onde saiu após ser arbitrada fiança. À polícia, ele não conseguiu comprovar a origem dos peixes, ou seja, não tinha nota fiscal do produto.
Conforme a polícia, a suspeita é de os peixes tenham sido trazidos do Pará para serem entregues na peixaria. O pescado aprendido foi doado para instituições de caridade de Rondonópolis.

Piracema

A pesca nos rios que compõem as três bacias hidrográficas de Mato Grosso (Paraguai, Amazônica e Araguaia-Tocantins) está proibida desde o dia 1º deste mês, para a reprodução dos peixes. A proibição seguirá até o dia 31 de janeiro de 2018.
Quem for pego pescando durante esse período, vai responder por crime ambiental, poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, além de levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por kg de peixe apreendido.

 


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo