Nacional

GREVE DE FOME 31/07/2018 17:53

Grupo faz greve de fome e exige do STF que anule a condenação e solte Lula

Militantes de organizações sociais exigem que ministros do STF libertem Lula imediatamente e parem de atuar como vassalos da Rede Globo, do juiz Sérgio Moro e do congresso de golpistas que instalou o golpista Temer no Governo do país

Da Redação

Com Brasil 247

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), especialmente aqueles que tem atuado como verdadeiros vassalos da Rede Globo, do congresso de golpistas e do juiz Sérgio Moro, tem em suas mãos a vida de seis militantes de movimentos sociais em suas mãos. O grupo começou na tarde desta terça-feira (31), uma greve de fome em defesa da libertação do ex-presidente Lula, preso político há mais de 100 dias em Curitiba.

Os militantes protocolaram junto ao Supremo um manifesto em que anunciam o início "desse gesto extremo de luta", por tempo indeterminado, por conta da "situação extrema na qual se encontra a Nação".

Segundo o grupo, a "o que motiva nossa decisão é o sofrimento dos brasileiros e brasileiras" resultante do golpe que trouxe ao país uma profunda crise econômica, o descrédito do Executivo, Legislativo, Judiciário e das corporações independentes do estado como o Ministério Público e a Policia Federal, identificados hoje pela maioria da população como instrumentos de opressão e destruição do pais. 

"Nossa determinação nasce também pelo fato de que o Poder Judiciário viola a Constituição e impede o povo de escolher pelo voto, soberanamente, o seu presidente e o futuro do País", diz ainda o manifesto.

Os manifestantes dirigiram-se diretamente aos ministros Luiz Fux, Carmen Lúcia, Rosa Weber, Luiz Edson Fachin, Alexandre de Moraes e Luiz Roberto Barroso, de quem requerem que voltem a respeitar a Constituição e anulem a condenação sem crime do ex-presidente Lula, restaurando seu direito a presunção de inocência e devolvendo ao povo brasileiro o direito de escolher de forma livre e democrática o próximo Presidente do Brasil.

"Tomamos a decisão de iniciar esta greve de fome e colocamos as decisões dos ministros do STF como condicionantes para seu encerramento, atendendo aos clamores da maioria do povo brasileiro", destaca o manifesto dos grevistas.

Leia no link ao lado a íntegra do manifesto dos grevistas pró libertação de Lula: download manifesto.pdf


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo