Pauta Agro&Business

27/06/2019 12:54

Empaer instala vitrine tecnológica no Parque de Exposições em Cuiabá

Até o momento já foram construídos 43 canteiros de 15 metros quadrados com diferentes hortaliças, frutíferas, feijão, arroz, trigo, milho, mandioca, flores tropicais e outros

 
Da Redação

Empaer | MT 
 

No Parque de Exposições Jonas Pinheiro, em Cuiabá, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) está montando uma vitrine tecnológica numa área de 5 mil metros quadrados. Até o momento já foram construídos 43 canteiros de 15 metros quadrados com diferentes hortaliças, frutíferas, feijão, arroz, trigo, milho, mandioca, flores tropicais e outros. A vitrine vai apresentar tecnologias voltadas para a agricultura familiar e estará aberta para o público no início do mês de setembro.

O presidente da Empaer, Renaldo Loffi, fala que a vitrine tecnológica será de fácil acesso aos visitantes, que vão receber informações sobre pesquisa, transferência de tecnologia, assistência técnica e extensão rural. O objetivo inicial é atender os produtores rurais do Vale do Rio Cuiabá e demais visitantes com informações sobre o processo de plantio, cultivo, colheita, cuidados com o solo, meio ambiente, área social e outros.

De acordo com Loffi, toda a estrutura montada para expor o trabalho pelos técnicos da empresa está sendo executada em parceria com o Sindicato Rural de Cuiabá.  A intenção é mostrar o trabalho da Empaer que é executado no campo sobre fruticultura, hortaliças, culturas anuais, pastagens para pecuária de corte, leite e outros. “O local será ideal para realizar a interação com produtores e interessados em diversificar, criar oportunidades de negócio. Acredito que será uma sala de aula com a finalidade de auxiliar nos negócios dos empreendedores rurais”, explica.

A pesquisadora da Empaer, Dolorice Moreti, que faz parte da equipe responsável pela vitrine, destaca que serão apresentadas na prática alternativas que garantam lucro e renda à família rural com orientações sobre as cadeias produtivas, hidroponia e demais culturas. Ela acredita que no mês de agosto, os canteiros já estarão produzindo hortaliças e legumes tais como maxixe, abobrinha, jiló, pimentão, quiabo e outros.

O coordenador dos Núcleos de Laboratórios da Empaer, José Alcântara Filgueira, explica que foi realizada a análise de solo na área em que está sendo construída a vitrine. A análise física foi feita para verificar a textura do solo e a química para avaliar a capacidade de produção ou fertilidade. E com o resultado das análises foi feita também as recomendações quanto à aplicação de calcário e adubo. “Em qualquer área para trabalhar com segurança, deve ser feita a análise do solo antes do plantio para detectar possíveis problemas nutricionais, identificando a fertilidade e potencialidade da terra”, esclarece.

O espaço pretende demonstrar também que é possível diversificar culturas, e aumentar a renda e preservar o meio ambiente. A vitrine ficará exposta para visitação de forma permanente e em definitivo no local, para apoiar atividades didáticas e técnicas aos agricultores familiares, professores, estudantes, pesquisadores, extensionistas e comunidade em geral.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo