Polícia

ASSASSINATO 10/01/2018 09:18

Policia prende irmãos acusados de assassinar professorta em Rondonópolis

Rosineide Maria de Souza, de 45 anos, estava desaparecida desde domingo em Rondonópolis. Ex-companheiro e o irmão dele foram presos pela DHPP.

Da Redação

A polícia prendeu os irmãos Valdomiro Vieira da Silva, de 40 anos, e Valdeci Vieira da Silva, de 46 anos, acusados de assassinar e jogar no rio Vermelho, o corpo da professora Rosineide Maria de Souza, de 45 anos, no último domingo,07. Valdeci é ex-companheiro da vítima e confessou o crime. O irmão dele teria ajudado a sumir com o corpo e a motocicleta da professora.

A mulher que estava desaparecida em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, desde o fim da tarde de domingo passado quando saiu de casa para ir a igreja. O corpo dela foi encontrado na tarde de terça-feira,09, boiando no Rio Vermelho.

A família de Rosineide havia registrado um boletim de ocorrência para denunciar o desaparecimento. Os dois acusados foram presos na madrugada desta quarta-feira,10.

De acordo com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Rondonópolis, o crime teria motivações passionais. Foram presos os irmãos Valdomiro Vieira da Silva, de 40 anos, e Valdeci Vieira da Silva, de 46 anos. Valdeci é ex-companheiro da vítima e confessou o crime. O irmão dele teria ajudado a sumir com o corpo e a motocicleta de Rosineide.

Segundo a DHPP, Rosineide foi dada como desaparecida e acabou localizada no Rio Vermelho, na tarde de terça-feira. Pescadores que estavam na região encontraram o corpo dela, coberto por um saco, e chamaram a polícia. Uma equipe do Corpo de Bombeiros deu apoio na retirada do corpo da vítima.

Durante a madrugada, segundo a DHPP, investigações levaram à prisão de dois suspeitos que cometeram o homicídio. Um dos suspeitos disse, inicialmente, que enforcou Rosineide, deu golpes na cabeça dela e em seguida jogou o corpo no rio.
 

O caso

De acordo com o boletim de ocorrência, Rosineide saiu de casa às 18h (horário de Mato Grosso) do último domingo. Ela teria saído de motocicleta e não retornou para casa.

Segundo a polícia, a filha da vítima denunciou também que a mãe teve um relacionamento conturbado e que ela chegou a ser agredida pelo ex-companheiro.

O ex-namorado de Rosineide, de acordo com o relato da filha à polícia, teria dito a ela que a mataria, caso ela se envolvesse em outro relacionamento amoroso.

Nas redes sociais, a família divulgou fotos de Rosineide para tentar localizá-la.

(Com Assessoria e G1-MT)

 


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo