Polícia

OPERAÇÃO FENIX 22/02/2018 07:58

Empresário do ramo de combustíveis é preso em Cuiabá

O dono de um posto de gasolina na saída para Chapada dos Guimarães foi preso sob acusação de integrar organização criminosa envolvendo delegados e advogados em Minas Gerais

Da Redação

O empresário Cleudison Chaves Santana, de 39 anos, foi preso por uma equipe da Polinter em cumprimento à mandato de prisão expedido pela Justiça de Minas Gerais. Dono de um posto de gasolina na saída para Chapada dos Guimarães, Santana era foragido da operação “Fênix”, deflagrada em dezembro de 2017, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-MG).

A operação foi deflagrada pelo Ministério Público, por meio do Gaeco de Uberlândia e culminou no cumprimento de mandados contra corrupção, associação criminosa, roubos, falsidade ideológica e outros crimes em Minas Gerais, Mato Grosso e Paraná.

A organização criminosa, segundo as invstigações do Gaeco mineiro, contava com a participação de advogados, delegados e traficantes. O grupo é acusado de crimes de corrupção, associação criminosa, roubos, falsidade ideológica entre outros,

Durante a primeira fase foram cumpridos mais de 200 mandados contra policiais civis, incluindo investigadores, escrivães e delegados, além de advogados.

O delegado Flávio Stringueta comandou a operação que resultou na prisão do empresário no Mercado do porto. Segundo Stringueta, o Ministério Público foi comunicado da prisão e o preso encontra-se à disposição da justiça mineira.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo