Polícia

CUMPLICE 25/05/2018 07:46

Presa mulher acusada de cumplicidade em assassinato

A acusada, Greice Pinto de Almeida,que foi detida por uma equipe da DHPP, estava nas imagens do local onde o homem foi executado por ordem de uma facção criminosa

Da Redação

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) cumpriu  mandado de prisão decretado contra uma mulher, integrante de facção criminosa, por participação no assassinato de Jackson Rodrigues Uchoa, ocorrido no dia 6 de abril de 2018, por disparos de arma de fogo.

A suspeita, Greice Pinto de Almeida,segundo as investigações, sob a coordenação da delegada Jannira Laranjeira,aparece nas imagens do local do crime, um posto de combustível no bairro Bela Vista, em Cuiabá.

Greice teria indo ao local para se certificar o óbito de Jackson. Havia  informações de que ela havia guardado a arma utilizada no crime. Mas em seu endereço a arma não foi encontrada.

O crime está motivado ao fato da vítima (Jackson Rodrigues Uchoa) ter entregado à Polícia comparsas de um roubo praticado em dezembro de 2017, em uma casa de carne, na capital, e, por conta disso, foi condenado à pena de morte pela facção criminosa.

Na ocasião, testemunhas anotaram a placa do veículo utilizado no roubo, fato que auxiliou nas investigações, esclarecendo a autoria do crime patrimonial. Dentre os acusados estavam integrantes da facção criminosa.

Quando interrogado na Derf Cuiabá, Jackson negou sua participação,  mas delatou os autores do roubo, que eram membros facção criminosa e, isso teria contrariado a facção que determinou sua morte.

A vítima tinha diversas passagens criminais e já esteve presa no Centro de Ressocialização de Cuiabá. As investigações continuam para prender os demais envolvidos e apreender a arma utilizada no crime.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo