Política Estadual

ELEIÇÕES 2018 08/01/2018 09:56

Emanuel Pinheiro é cobrado pelo PMDB a discutir as eleições deste ano

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), afirmou que tem sido cobrado pela cúpula do seu partido e de aliados a entrar nas discussões sobre as eleições deste ano. Ele garantiu que vai se reunir já no próximo mês para articular de que forma pode “contribuir” mais efetivamente dentro do partido.

Da Redação

“É claro, eu estou sendo cobrado para ter uma participação política mais efetiva e ativa, como também partidária. O meu partido me cobra. Fui e estou sendo 100% prefeito de Cuiabá. Me dedico full time e exclusivamente a esse sonho”, disse.

Apesar da dedicação ao Palácio Alencastro, uma série de reuniões já estaria agendada com o senador Wellington Fagundes (PR), o deputado federal Carlos Bezerra (PMDB), o ex-prefeito de Cuiabá, Chico Galindo (PTB), e com o também deputado federal Ezequiel Fonseca (PP).  

Todos fizeram parte do arco de aliança para eleição de Emanuel à Prefeitura de Cuiabá em 2016. “Agora vou ter que conversar. Eu acho que passando o carnaval, ou antes até, vou conversar. A arte da política é o diálogo e eu não vou me furtar nunca a conversar”, afirmou.

Sobre a possibilidade de essa série de reuniões incluir uma discussão sobre uma candidatura de seu filho, Emanuel Filho, o prefeito afirmou que “são coisas de bastidores”. No ano passado, a eventual candidatura do estudante ao cargo de deputado federal ganhou força no meio político.

“Está na mão de Deus. Única coisa que posso dizer é que meu filho é muito melhor que eu. Tem todas as minhas qualidades e nenhum dos meus defeitos. Tem todas as minhas qualidades e nenhum dos meus defeitos”, encerrou.

Fonte: Gazeta Digital


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo