Saúde e bem estar

03/12/2015 15:23

Secretaria realiza última etapa de 2015 da campanha de combate ao câncer de boca

MARIA BARBANT / SECOM-Cuiabá

A Coordenadoria de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde de Cuiabá realiza no próximo sábado (12), a última etapa da campanha de 2015, de combate ao Câncer de Boca. A ação será realizada na Clínica Odontológica do CPA 3, das 08 às 11 horas e, tem por objetivo, fazer a busca ativa das lesões suspeitas de câncer de boca.

No ano que vem, a proposta é continuar com as campanhas preventivas, realizando as etapas nas 10 clinicas odontológicas de Cuiabá e, estendendo a ação para as unidades da Estratégia Saúde da Família (PSF’s).

“O objetivo é fortalecer a busca de lesões suspeitas do câncer de boca e, levar orientação e esclarecimento a população sobre a necessidade da eliminação dos fatores de risco associados ao desenvolvimento dessas doenças”, salientou a responsável pela ação, a estomatologista Diurianne França.

De acordo com Diurianne França, é fundamental ter hábitos saudáveis. Isso significa que devemos evitar o fumo e as bebidas alcoólicas, ter uma boa higiene bucal, cuidados com o sol, fazendo uso de protetor solar e labial, realizar uma dieta saudável a base de frutas e verduras e consultar regularmente um cirurgião-dentista, o que segundo a orientação dos profissionais, pelo menos a cada 06 meses.

Campanha

Em Cuiabá, desde agosto, foram realizadas sete campanhas, nos bairros Osmar Cabral, Jardim Vitória, Coxipó, Verdão, Tijucal, Pascoal Ramos e Jardim Leblon. Um total de 198 pessoas procuraram os serviços e dessas, 31 foram encaminhadas aos Centros de Especialidades Odontológicas, para esclarecimento diagnóstico das alterações.

Segundo Diurianne França, até o momento dois casos com suspeita de malignidade foram identificados. Outras lesões benignas também foram identificadas e tratadas, nas próprias clinicas odontológicas de Cuiabá.

“Além da continuidade da ação nas Clínicas Odontológicas a novidade para 2016 é a Capacitação das Equipes de Saúde Bucal e dos Agentes Comunitários da Estratégia Saúde da Família dos municípios da Baixada Cuiabana”, contou a estomatologista.

A capacitação envolverá a prevenção e o diagnóstico precoce das doenças da boca com ênfase no câncer bucal e contará com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat).

Números

Segundo dados do ano passado do Instituto Nacional do Câncer (Inca) em Mato Grosso, a estimativa é de 160 novos casos de câncer oral considerando as taxas brutas de incidência por 100 mil habitantes (INCA, 2014).

Diurianne França lembra que a prevenção das doenças da boca adquire relevância em saúde pública, se considerarmos que a abordagem preventiva é compatível com a natureza destas doenças, pois a boca favorece o fácil acesso visual e, consequentemente, uma identificação precoce.

“Esses dados apontam para a necessidade de que os profissionais estejam aptos a realizar um exame clínico detalhado e minucioso, e consequentemente um diagnóstico correto. Daí a necessidade de promovermos uma educação continuada e permanente dos profissionais de saúde, para que estejam aptos a realizar um exame clínico detalhado e minucioso, e consequentemente um diagnóstico correto”, destacou

Pensando nisso e diante dos números estimados para o estado é que foi elaborada a proposta de capacitação das equipes da saúde, aprovada pela Fapemat .

Portanto, anote na sua agenda e aproveite a última campanha preventiva 2015, no próximo dia 12, na Clínica Odontológica do CPA 3.

São parceiros da Secretaria de Saúde na ação o Programa de Combate ao Câncer de Boca do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag), a Liga Acadêmica de Combate ao Câncer de Boca de Mato Grosso (LACCanBo/MT) e o Conselho Regional de Odontologia (CRO/MT).


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo