Social

26/08/2015 13:34

Fórum internacional em Cuiabá debate a ressocialização de reeducandos

Foto: Michel Alvim

ADEMAR ANDREOLA / Assessoria

O prefeito Mauro Mendes participou na manhã desta quarta-feira (26) da solenidade de abertura do ?Fórum Internacional Humanismo Ressocialização Direitos Humanos: Sistema de Justiça à Consagração dos Direitos Humanos?. O fórum é realizado pelo Poder Judiciário de Mato Grosso e coordenado pelo Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário. A Prefeitura de Cuiabá é uma das parceiras do Poder Judiciário na realização do fórum. O objetivo do evento é debater temáticas relativas à execução penal, audiência de custódia, sistema de justiça, justiça restaurativa, ressocialização e trabalho digno. O fórum deve reunir 800 participantes até a próxima sexta-feira (28), no Teatro do Cerrado ?Zulmira Canavarros?, na Assembleia Legislativa. Falando na solenidade de abertura, Mauro Mendes deu as boas-vindas aos participantes em nome de população de Cuiabá e disse esperar que o fórum possa contribuir para diminuir os problemas daqueles que tentar voltam ao convívio social após cumprirem as penas a que foram submetidos. ?Vivemos um momento delicado que exige reflexão para que tenhamos profundas modificações. Precisamos de patriotismo para entender a dura realidade e irmos ao encontro dos problemas para solucioná-los?, afirmou o prefeito. Ele lembrou que a prefeitura tem feito sua parte, contratando reeducandos para trabalhar nas Secretarias de Serviços Urbanos e Obras Públicas. ?A ressocialização ajuda a diminuir os problemas daqueles que são levados ao sistema penitenciário para cumprirem suas penas?, disse Mauro Mendes. Durante a solenidade de abertura, o Coral Municipal, formado por servidores públicos, aposentados e pessoas da comunidade, fez a apresentação. Sob a regência do maestro Carlos Taubaté, o coral apresentou um pot-pourri de músicas regionais. Houve ainda o lançamento da Revista Digital do Grupo de Monitoramento e Fiscalização, que reúne nove artigos científicos selecionados para apresentação no evento e que será disponibilizada na internet. Foram ainda lançados os livros ?Vulnerabilidades e Direitos Humanos?, de autoria da juíza auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça e presidente do Grupo, Amini Haddad, e ?Família e Sociedade?, elaborado em coautoria por diversos estudiosos como a desembargadora Maria Helena Póvoas, o promotor de justiça Joelson de Campos Maciel, entre outros. O evento conta ainda com palestrantes internacionais como a jurista membro do Comitê sobre a Eliminação da Discriminação contra a Mulher da ONU, Silvia Pimentel, o coordenador da Cátedra da Unesco, Timothy Denis Ireland, e o coordenador do Programa de Trabalho Decente e Empregos Verdes da OIT, Paulo Sérgio Muçouçah.

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo