Social

26/10/2015 16:22

Projeto >Amigas Empreendedoras> expande e fomenta a economia em 28 bairros

Cláudia Joséh / Secom/VG

A Secretaria de Assistência Social realizou nesta sexta-feira (23), a posse de diretorias do projeto ‘Amigas Empreendedoras’. Cerca de 150 mulheres participaram da solenidade que contou com palestras sobre direito constitucional e prevenção do câncer de mama e outros temas relacionados à saúde da mulher. O projeto atende a 560 mulheres com diversos cursos profissionalizantes em 28 bairros do município. ‘Amigas Empreendedoras’ visa oferecer cursos que possam favorecer a inserção das mulheres no mercado de trabalho, seja por meio de emprego formal ou do empreendedorismo.

A juíza da Vara Especializada de Violência Contra a Mulher, Marilza Aparecida Vitório e a enfermeira da Vigilância em Saúde, Vitesinha Rosa foram as palestrantes no evento. A juíza Marilza Aparecida discorreu sobre o processo histórico do direito de igualdade das mulheres, direitos e deveres, privacidade, saúde, liberdade e a Lei Maria da Penha. “Este projeto é uma oportunidade de empoderamento das mulheres, com a capacitação se tornarão profissionais que poderão através dos cursos angariar sua própria renda familiar. A iniciativa do poder público é plausível e com certeza renderá bons frutos na vida destas mulheres, disse a magistrada”.

Segundo a secretária de Assistência Social, Kathe Maria Martins, o projeto ‘Amigas Empreendedoras’ é uma proposta da Administração Municipal com a finalidade de diminuir os problemas sociais nas comunidades, tendo foco nos eixos promoção da equidade, igualdade, cidadania, combate à violência e acesso a inclusão produtiva.

“No projeto ‘Amigas Empreendedoras’, a diretoria tem também a função de ‘Agente Social’, ou seja, são pessoas que estão vigilantes nos seus bairros, são protagonistas de mudança, articuladas com a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social para realização da intervenção que se fizer necessária”, explicou a secretária.

A enfermeira da Vigilância em Saúde, Vitesinha Rosa explanou para as participantes sobre a prevenção e cuidados da saúde da mulher, câncer de mama, principais fatores de riscos, sintomas e prevenção, temas que fazem parte da campanha Outubro Rosa. “A mulher precisa conhecer seu corpo e se tocar, assim fica bem fácil perceber qualquer anomalia", frisou.

Gonçalina da Guia, moradora do bairro Santa Teresinha, disse que estas palestras são bem-vindas, pois muitas mulheres não têm acesso a esse tipo de informação que pode trazer mais qualidade de vida e saúde. “É muito gratificante recebermos estas orientações, é um aprendizado para o resto da vida. As mulheres da minha comunidade estão entusiasmadas com o projeto ‘Amigas Empreendedoras’. Muitas delas já estão confeccionando e comercializando seus chinelos que produziram no curso. Melhoraram a autoestima e estão conseguindo uma renda extra. Este projeto está incentivando a mulher a ser uma empreendedora e adquirir e contribuir para a economia da casa, além de ter uma profissão”, destacou.

O projeto ‘Amigas Empreendedoras’ pretende potencializar a função protetiva das famílias e a conquista de autonomia de seus usuários. Os cursos são nas modalidades de crochê, pintura em tecidos, cabeleireiro, bordado em chinelo e artesanato.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo