Turismo

09/04/2014 11:43

Agência de turismo terá que pagar R$ 42 mil a casal que perdeu vôo

Da Redação
Com Assessoria

A Justiça de Mato Grosso determinou que a  agência de viagens África Agência de Viagens e Turismo Ltda ?" Africatours, a indenizar um casal que não conseguiu embargar em um vôo de Maputo,capital de Moçambique, na África, para o Brasil. O casal perdeu o vôo por falha de comunicação da agência, organizadora da viagem. A empresa Africatours terá que pagar mais de R$ 42 mil às vítimas.

A sanção judicial foi aplicada pela juíza Edleusa Zorgetti Monteiro da Silva, da 5ª Vara Cível da Capital. 

A condenação foi em R$ 30 mil por danos morais pelos aborrecimentos e transtornos causados aos clientes e em R$ 12.754,25 por danos materiais. Este último valor visa restituir o casal de despesa extra com hotel, efetuada por permanecer quatro dias a mais no país estrangeiro, bem como ressarcir os dois por gastos com novas passagens aéreas adquiridas da África para o Brasil e de São Paulo para a capital mato-grossense.
 
Consta nos autos do processo que mal orientado e sem ser avisado pela agência de viagens brasileira, o casal compareceu no dia do embarque de volta, 6 de dezembro de 2008, no balcão da empresa aérea LAN no aeroporto de Maputo para o check-in. Contudo, foram informados que seus nomes não constavam no sistema porque não haviam confirmado o retorno com 72 horas de antecedência e que, portanto, não poderiam embarcar de volta ao Brasil.
 
Acontece que o casal não havia sido informado pela agência que lhes vendeu o pacote que deveriam ter feito localmente a confirmação da viagem. A agência inclusive reconheceu não haver documentado esta orientação aos clientes.

Confirmada a responsabilidade da Africatours pelos transtornos sofridos pelo casal, a Justiça determinou a indenização, servindo a condenação da empresa como alerta pedagógico para as demais operadoras de viagens.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo