Variedades

O LEVANTE 15/01/2018 11:23

Coletivo de teatro de MT é um dos destaques de tradicional festival brasileiro

Coletivo de artes cênicas, O Levante, desembarca no Janeiro de Grandes Espetáculos, um dos mais tradicionais festivais do país

Da Redação

Nos dias 17 e 18 de janeiro, o coletivo de teatro cuiabano, O Levante, desembarca no Nordeste representando Mato Grosso em uma empreitada cênica. O grupo participa do Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco, o Janeiro de Grandes Espetáculos, que acontece em Recife, entre os dias 10 e 18 de janeiro – e não só para apresentar suas produções, mas toda a dinâmica que propõem como uma experiência em potencial.

O evento consolida um espaço de resistência de iniciativas artísticas no Brasil, assim como o coletivo em âmbito local, promovendo espetáculos teatrais, música e ações paralelas como oficinas, cursos, debates e lançamentos. Segundo a atriz Thereza Helena, o Levante foi convidado para compor a programação “como um modelo de plataforma colaborativa de artes cênicas”.

Despontando como uma iniciativa referência na cena nacional, a participação do coletivo também amplia a visibilidade do teatro mato-grossense, abrindo caminho para outras companhias. “Onde a gente vai, a gente fala das obras que existem aqui, dos grupos que atuam tanto na capital quanto no interior. A gente chama a galera para conhecer a produção do estado”, afirma Thereza.

No dia 17 de janeiro, o Grupo Tibanaré estreia Mato Grosso no encontro, com o espetáculo "Fiu Fiu - Um encontro entre pássaros", que encanta todas as idades. Já no dia 18 de janeiro, o espetáculo "Inhamor", da artista conterrânea promete transbordar o coração dos nordestinos e do público de todo canto do país.

O grupo ainda é composto pela Solta Cia de Teatro e a Theatro Fúria. Thereza explica que apesar dos dois espetáculos serem os representantes, quem sai em viagem é todo o Levante. “A gente quer focar na ação do levante como um todo, porque embora nesta etapa os dois trabalhos estejam em cena, todas as outras cias são cruciais para que a gente esteja lá”.

“Nós nos orgulhamos muito da efervescência da produção artística do nosso estado e fazemos questão de dizer isso em todos os lugares que vamos. Queremos chamar atenção do Brasil para o nosso eixo”, completa a artista.

O Levante

“Em tempos de resistência, isolar-se é correr o risco de extinguir-se e encontrar-se é uma valiosa aliada para a sobrevivência” é o lema que norteia o propósito do coletivo que surge, em 2017, da união de artistas mato-grossenses Solta Cia de Teatro, Grupo Tibanaré, Theatro Fúria e Cia Thereza Helena.

O Levante, portanto, não é chamado assim por acidente. Com a vocação de “Ocupar, (R)Existir e Produzir” e promover encontros que movimentam a cena, o coletivo já dá início às ações, no mesmo ano, ocupando os cômodos da Casa Cuiabana. Na ocasião, as companhias lotaram o espaço com espetáculo, durante um mês, oxigenando as artes cênicas mato-grossenses.

O Festival

Um dos mais trandicionais festivais de artes cênicas do país, o Janeiro de Grandes Espetáculos chega a 28ª edição como Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco. Este ano, o evento acontece em Recife, entre os dias 10 e 28 de janeiro, como plataforma de divulgação do teatro pernambucano e e todo o país.

Além dos espetáculos teatrais, o encontro ainda terá música, shows de qualidade e a presença de representantes das iniciativas que movimentam a cadeia criativa e cultural no Brasil. Ações paralelas como oficinas, cursos, debates, lançamentos de livros e seminários, foram incrementadas com uma programação fomativa pensada para promover e disseminar o ser, o pensar e o fazer nas artes cênicas.

Fonte: O Livre

 


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo