Variedades

BECO DO CANDEEIRO 23/01/2018 12:27

Estátua que lembra chacina deve permanecer em Cuiabá

Da Redação

A estátua que lembra a chacina do Beco do Candeeiro, ocorrida há 20 anos, deve permanecer no local após polêmica. A Praça Senhor dos Passos, onde a escultura fica, começou a ser reformada. Por causa das obras, ela seria retirada do local.

A escultura lembra a chacina ocorrida em 1998. Na ocasião, três adolescentes de 13, 15 e 16 anos, foram mortos há tiros no local. Os crimes foram cometidos no dia 10 de julho , por volta das 20h, na rua 27 de Dezembro, no Centro Histórico de Cuiabá.

O assassino usou uma pistola para atirar nos quatro adolescentes. Um deles conseguiu fugir. Um policial militar, principal suspeito das execuções, foi julgado em 2014 e inocentado do crimes.

A associação que representa as vítimas de violência solicitou que a estátua permaneça no mesmo local, para que o crime não seja esquecido.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente afirmou que o projeto de reforma e revitalização da praça não prevê a permanência da estátua, mas que a decisão final cabe ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Em nota, o órgão declarou que a obra de arte não será movimentada do local de origem. Um parecer técnico foi enviado à prefeitura com as recomendações de como protegê-la durante a execução dos serviços.

Fonte: Folhamax
 

 


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo