Weather for the Following Location: Cuiaba map, Brazil

24 de abril de 2024 9:27 pm

Alckmin agradece Natasha e médica repensa ser candidata

Natasha já pensa em recuar da desistência de ser candidata à outro cargo e pode assumir vaga remanescente para a Assembleia ou a Câmara Federal
Ao recuar da candidatura ao senado, Natasha facilitou a composição da chapa Lula (PT) e Alckmin (PSB), com o candidato ao Senado Neri Geller do PP (Foto:Arq.Pessoal/Redes Sociais)

Da Redação

O candidato a vice-presidente da República na chapa de Lula, Geraldo Alckmin (PSB), agradeceu a também socialista Natasha Slhessarenko por recuar em sua candidatura ao Senado. A  desistência de Natasha abriu espaço para uma composição da Federação Brasil Esperança – que reúne o PT, PCdoB e PV –  com o PP do deputado federal Neri Geller.

A articulação para a adesão do PP e do PSD à oposição de Mauro Mendes (UB) e Jair Bolsonaro (PL) em Mato Grosso vinha esbarrando no projeto de de Natasha ao Senado da República e em sua declarada e pública rejeição ao ex-presidente Lula.

A direção nacional da Frente Brasil Esperança e suas lideranças locais ofereceram à médica vagas como candidata à Deputada Federal, Estadual, vice-governadora ou primeira suplente de Geller. No entanto, alegando “coerência com seus princípios e com seu projeto”, ela recusou todas as possibilidades e anunciou que não seria mais candidata no pleito eleitoral deste ano.

Em seguida, nas redes sociais e em entrevistas para jornalistas, Natasha deixou evidente sua mágoa e chegou a responsabilizar justamente Geraldo Alckmin pelo fracasso do seu projeto ao Senado. Para a médica, Alckmin não teria avalizado como poderia, a sua postulação ao Senado.

Ignorando o que a médica externou, o ex-governador de São Paulo e companheiro de partido, Alckmin gravou e distribuiu um vídeo enaltecendo a Natasha por sua liderança, por seu trabalho na saúde e no magistério e agradecendo-a por sua contribuição. “Quero ainda agradecer a sua compreensão deste momento que estamos vivendo, que devemos estar todos juntos, para ajudar o Brasil, ajudar o presidente Lula a fortalecer a democracia, retomar o crescimento econômico, ajudar a população que passa privação alimentar e melhorar as políticas públicas da saúde, educação, enfim, fortalecer o Brasil. E também trabalhar pelo seu, pelo nosso, Estado de Mato Grosso”, disse o candidato socialista na gravação.

Apesar de ter anunciado que não queria mais participar do processo eleitoral, nesta terça-feira,09, Natasha abriu possibilidade de entendimento com o seu partido e assumir uma das vagas remanescente para disputar a Câmara Federal ou a Assembleia Legislativa.

 

Compartilhe:

Você pode gostar também... Posts

Feito com muito 💜 por go7.com.br