Fávaro é autorizado a ter acesso à delação premiada de Permínio Pinto

Da Redação

Com Olhar Direto

O ex-vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro, foi autorizado judicialmente a ter acesso à delação premiada do ex-secretário de Educação de Mato Grosso, Permínio Pinto. O acesso foi franqueado pela juíza Ana Cristina Mendes, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá.

O ex-vice governador foi citado por Permínio Pinto como implicado no esquema de desvio de recursos da SEDUC-MT para formação de caixas para campanhas eleitorais e pagamentos de dívidas do ex-governador Pedro Taques.

Na decisão, expedida no último dia 14, a magistrada escreveu: “Defiro a extração de cópia dos autos, conforme pedido formulado pelo patrono do requerente Carlos Henrique Baqueta Fávaro”.

Na delação de Permínio Pinto teria afirmado que Carlos Fávaro sabia do esquema de formação de caixa 2 para bancar a campanha de Taques. O ex-secretário acusou ainda a  multinacional JBS, que teria repassado recursos por fora após a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em que seriam devolvidos ao Estado R$ 360 milhões referente à impostos não recolhidos.

Mesmo não sendo um dos indiciados no Escândalo da Seduc, Carlos Fávaro afirma que nunca participou de esquemas de corrupção enquanto ocupou cargo no Poder Executivo.

Compartilhe:

Com muito ❤ por go7.site