881x113
Banner 780x100

Após alta de novos casos, Cuiabá zera fila de espera por UTI Covid

da Assessoria / SECOM-Cuiabá

Após nova alta nos casos de infecções e mortes por Covid-19, Cuiabá zerou fila de espera por leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) covid em Mato Grosso. Até a manhã desta quinta-feira (22), não havia nenhum morador de Cuiabá nela, e contava apenas com 13 pacientes, no entanto no início da noite não havia mais nenhum morador aguardando por leito, de acordo com a Central de Regulação de Urgência e Emergência.

 “É com uma alegria que não cabe no peito, que recebo esta notícia. Estamos vivendo em tempos difíceis, mas eu acredito e tenho fé que ainda vamos melhorar mais, e conseguir desocupar ainda mais os leitos de enfermarias e UTIs da Capital. A vacinação está fluindo bem, e com a ampliação de novos polos de imunização, a tendência é só diminuir os casos de Covid, não só na nossa Capital, mas no Estado inteiro”, comemorou o prefeito Emanuel Pinheiro. Para poder atender as vítimas da pandemia, Cuiabá atuou com 155 leitos exclusivos de UTI para Covid19.

Desde o início do mês de março, onde surgiu uma nova onda de pessoas que contraíram o vírus, que as filas de UTIs Covid não paravam de crescer, diariamente eram mais 100 pessoas de todo o Estado, que aguardavam por um leito. Quase todos os dias havia mais de 180 na fila, mas o pico ocorreu mesmo quando 214 pessoas estavam na lista de espera.

Esse número só começou a cair há cerca de uma semana. Na segunda-feira (12), por exemplo, foi a primeira vez que a Capital registrou um número abaixo de 100 na lista de espera. Havia 83 pessoas. Na terça (13), 83, na quarta (14), 80, na Quinta (15), 68, na sexta (16), 39, e assim sucessivamente. Nesta semana o número caiu mais ainda e até ontem (21), havia apenas 24 pessoas na lista de espera por UTIs.

Ao analisar outros pontos, é possível verificar que Cuiabá apresenta melhora em outros aspectos relativos à covid-19. Por exemplo, no final de março deste ano, quando houve o pico de mortes, o Hospital Referência à Covid-19 (antigo Pronto Socorro) chegou a ficar com 98% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto. Nesta quinta-feira (22), a ocupação é de 75%.

Também é possível observar que as internações e mortes por covid-19 de pessoas acima de 80 anos de idade reduziu na capital. Os cuiabanos dessa faixa etária são os únicos do grupo de idosos que receberam as duas doses da vacina contra a covid-19 há mais de um mês, ou seja, passaram pelo período de produção de anticorpos. Nesta quinta (22), somente uma idosa acima de 80 encontra-se internada no Hospital Referência à Covid-19 e dois idosos de Cuiabá nessa faixa etária no Hospital São Benedito.

Compartilhe:

Com muito ❤ por go7.site