TERRA FÁCIL

O govenador Mauro Mendes quer fazer reforma agrária por conta própria.

De preferência, escolhendo ele mesmo quem receberá ou comprará terraS públicas do estado sem ter que dar satisfação a seu ninguém.

Ele propôs uma ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no STF pra cancelar artigo da Constituição Estadual de 1989 que exige que doações e vendas de terras públicas do estado tenham a aprovação da Assembleia Legislativa. Maurinho quer tirar dos deputados o poder de acompanhar de perto esse tipo de operação. A troco de quê ele quer ter o poder exclusivo da caneta nesses casos? Ele não responde. Perguntado, fica mais mudo que poste sendo mijado por cachorro. 

Compartilhe:

Com muito ❤ por go7.site