Weather for the Following Location: Cuiaba map, Brazil

20 de abril de 2024 11:20 am

Mandantes da morte de Marielle Franco são presos no Rio de Janeiro

A operação foi deflagrada por força de mandados do Supremo Tribual Federal (STF) no início da manhã deste domingo como forma de surpreender os suspeitos
Domingos Brazão, Chiquinho Brazão e Rivaldo Barbosa foram apontados na delação premiada do ex-policial Ronnie Lessa,que réu confesso pelo assassinato, de serem os autores que encomendaram a morte da vereadora Marielle Franco (Fotos:Arq.Web/Reprodução)

Da Redação

A Polícia Federal prendeu, na manhã deste domingo, 24, três acusados de serem os mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol) e de seu motorista, Anderson Gomes. Foram presos o deputado estadual Chiquinho Brazão (UB), o ex-chefe de Policia Civil do Rio de Janeiro, delegado Rivaldo Barbosa e o conselheiro do Tribunal de Contas carioca, Domingos Brazão.

Os três foram apontados por Ronnie Lessa, executor do duplo homicídio, como os mentores e financiadores do assassinato de Marielle.

A operação que resultou na tripla prisão é uma ação conjunta pela Procuradoria-Geral da República (PGR), Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) e pela Polícia Federal. A ação ocorre na esteira da delação premiada do ex-policial Ronnie Lessa.

As primeiras informações indicam que Marielle e seu motorista em 2018 foram mortos em represália às ações da vereadora que denunciava a expansão da milícia na região de Rio das Pedras, área de influencia política dos irmãos Brazão.

A operação foi deflagrada por força de mandados do Supremo Tribual Federal (STF) no início da manhã deste domingo como forma de surpreender os suspeitos, uma vez que a PF suspeitava que eles estariam em alerta após o Supremo homologar a delação premiada de Ronnie Lessa.

Compartilhe:

Você pode gostar também... Posts

Feito com muito 💜 por go7.com.br