Weather for the Following Location: Cuiaba map, Brazil

20 de abril de 2024 7:07 am

Policia prende mandantes de duplo homicídio no shopping popular

Gersino Rosa foi vítima de uma vingança que,indiretamente, também ceifou a vida de Cleyton de Oliveira
Wanderlei Barreiro foi preso junto com a mãe, Joscilena. Os dois são suspeitos de ser um dos mandantes do duplo homicídio que vitimou Gersino Rosa e Cleyton de Oliveira em Cuiabá.

Da Redação

Com DC

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá prendeu, nesta terça-feira,02, em Campo Grande (MS), Jocilene Barreiro da Silva e seu filho, Wanderlei Barreiro da Silva de 31 anos. Mãe e filho são apontados como os mandantes do homicídio do pequeno empresário Gersino Rosa dos Santos  43, no Shopping Popular de Cuiabá. No ataque ao alvo principal, o pistoleiro acabou matando também o comerciário Cleyton de Oliveira de Souza Paulino, 27 anos.

O duplo homicídio ocorreu em 23 de novembro do ano passado, dentro do shopping, no bairro Dom Aquino. O executor, Silvio Peixoto Júnior, 26 anos, já se encontra preso em Cuiabá.

Segundo o delegado Nilson André Farias, que coordena as investigações, Gersino Rosa foi vítima de uma vingança que,indiretamente, também ceifou a vida de Cleyton. A autoridade policial disse que dias antes do duplo assassinato no Shopping Popular, Girlei Silva da Silva, 31 anos, conhecido pelo apelido de “Maranhão”, foi morto no bairro Santa Laura, em Cuiabá.

A família da vítima atribuiu o crime a Gersino Rosa como o mandante do homicídio contra Girlei e então decidiu vingar-se do comerciante encomendando por sua vez, a sua morte. Para isso, contrataram como pistoleiro,

Na operação realizada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta terça-feira, foram presos a mulher e seu filho. Os policiais de Cuiabá contaram com o suporte do Garras, da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.

Ambos foram encaminhados a uma delegacia em Campo Grande, onde serão interrogados, e depois apresentados em audiência de custódia do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.

O recambiamento de Jocilene e Wanderley Barreiro para Cuiabá tem previsão de ocorrer ainda nesta semana.

No endereço em que os dois foram presos, os policiais civis aprenderam três armas de fogo, sendo dois revólveres de calibre 38 e uma pistola 9 mm, que é, provavelmente, a arma usada nos homicídios do shopping.

Uma quarta arma, letal e em formato de uma caneta, também foi apreendida com os investigados.

Todo o material passará por perícia, inclusive, de confronto balístico.

O delegado Nilson Farias acrescentou ainda que os mandantes foram até Uberlândia (MG), onde contrataram o executor, que já conheciam anteriormente, e depois apoiaram a vinda dele a Cuiabá, para cometer o homicídio de Gersino Rosa.

Compartilhe:

Você pode gostar também... Posts

Feito com muito 💜 por go7.com.br