Weather for the Following Location: Cuiaba map, Brazil

16 de abril de 2024 4:13 am

Janaína Riva abraça bolsonarismo e abandona grupos minoritários

Janaína Riva deu uma guinada trepidante à direita de olho nos votos que pode amealhar entre os bolsonaristas
Janaína Riva abraça o bolsonarismo e se afasta de vez da centro esquerda (Foto:Divulgação/Assessoria)

Da Redação

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) abraçou de vez o bolsonarismo e abandonou a defesa que vinha fazendo das causas sociais. Durante discurso empolgado na reunião de líderes políticos de Mato Grosso – entre eles, o governador Mauro Mendes (UB) -, com Jair Bolsonaro (PL), na quarta-feira,o3, em Brasília, a deputada não economizou elogios ao presidente.

“Mato Grosso, hoje, através de seus prefeitos, reconhece que, nunca na história, houve tanta transferência de recursos da União para os municípios”, disse a parlamentar.

“Há quatro anos, assumíamos um Estado desacreditado, devastado e sem credibilidade. Através de importantes personagens da política, reconstruímos Mato Grosso. Liderados pelo senhor, presidente Bolsonaro, e com o trabalho sério do governador Mauro Mendes e parlamentares, Mato Grosso voltou a crescer, sendo hoje um dos mais importantes estados na balança comercial brasileira”, completou uma eufórica Janaina.

No seu discurso, a filha de José Riva atribuiu a Bolsonaro a recuperação econômica de Mato Grosso, criando uma saia justa com Mauro Mendes.

Em várias entrevistas, neste ano, Janaína havia dito que apoiava o presidente “a contragosto”.  Também afirmou mais de uma vez que só apoiava Bolsonaro porque seu sogro, o senador Wellington Fagundes (PL), é um dos mais devotos seguidores do atual presidente.

Agora, Janaína Riva deu uma guinada trepidante à direita de olho nos votos que pode amealhar entre os bolsonaristas de ocasião e quem sabe, até dos mitônomos fundamentalistas da seita de extrema direita no estado.

Essa mudança brusca da parlamentar chama a atenção porque até agora, ela vinha cultivando proximidade com líderes grupos minoritários ligados ao pensamento de esquerda, sobretudo, nos movimentos LGBTQIA+, grupos feministas e de servidores públicos que são considerados inimigos viscerais  por Jair Bolsonaro e seus filhos esquisitos.

Compartilhe:

Você pode gostar também... Posts

Feito com muito 💜 por go7.com.br