Weather for the Following Location: Cuiaba map, Brazil

24 de abril de 2024 11:00 pm

Lúdio crítica falta de protagonismo de Barranco no comando do PT

Para o deputado petista, o comando da legenda no estado perdeu força e legitimidade ao não preparar palanque próprio para o pleito deste ano
Deputado Ludio Cabral: "Mato Grosso faltou iniciativa do PT para construir uma candidatura de oposição. Em política não existe espaço vazio" (Foto:Secom/ALMT)

Da Redação

Com Gazeta Digital

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) criticou a falta de protagonismo do Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso diante das articulações para a construção de uma chapa de oposição ao governador Mauro Mendes (União) nas eleições de 2022.

Na avaliação do parlamentar, faltou iniciativa da legenda, que, no Estado, é comandada pelo deputado estadual Valdir Barranco. “Aqui em Mato Grosso faltou iniciativa do PT para construir uma candidatura de oposição. Em política não existe espaço vazio, se alguém não ocupa o espaço que é seu, alguém vai ocupar”, disse durante entrevista ao vídeo cast Sem Moage.

A crítica do parlamentar é uma reação ao discurso de Valdir Barranco contra o grupo petista que resiste à aliança com o PP do deputado federal  Neri Geller e o PSD do senador Carlos Fávaro.

VEJA AQUI: “Quem destoa da aliança com o agro está contra o Lula”, dispara Barranco

Há menos de duas semanas para o fim das convenções partidárias, a federação o qual o PT faz parte junto com o PV e PC do B, não conseguiu consolidar uma chapa sólida para ingressar na disputa contra a atual gestão do Palácio Paiaguás.

Sem encontrar um nome expressivo para lançar ao pleito, o grupo analisa lançar o nome da primeira-dama, Márcia Pinheiro, como candidata ao governo.

O nome de Márcia tem sido articulado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), após senador Carlos Fávaro e a ex-reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Mária Lúcia, declinarem da disputa. Conforme noticiou o , na avaliação de Lúdio, a falta de liderança da Executiva Estadual do PT nas discussões tem dado brecha para que Emanuel – mesmo não fazendo parte do grupo – interfira nas discussões da federação.

“Por que o Emanuel fica falando em nome da federação sendo que ele não está filiado a nenhum partido que integra o grupo? … Não pode ser alguém que não é da federação, ficar falando em nome da federação”, finalizou.

Compartilhe:

Você pode gostar também... Posts

Feito com muito 💜 por go7.com.br